apple-pay

Ano do Apple Pay

A Apple apresentou o seu serviço de pagamento via smartphone, o Apple Pay, com bastante entusiasmo. Apresentado em outubro do ano passado, a empresa afirmou que entrou em contato com comerciantes e que metade deles implementariam esta forma de pagamento ainda em 2014, e ainda mais deles entrariam na ideia este ano, transformando ele no “Ano do Apple Pay”. Na realidade, porém, os uso do Apple Pay não está tão difundido como a empresa gostaria.

De acordo com uma pesquisa feita pela Reuters, entrevistando os 100 maiores lojistas de acordo com ranking do “National Reatil Federation”, menos de um quarto deles atualmente aceita o Apple Pay como forma de pagamento. Quase dois terços das empresas responderam que não possuem planos de implementar esta forma e pagamento ainda este ano.

Entre os principais motivos pelo desinteresse dos lojistas está a baixa demanda dos consumidores, falta de acesso a dados das transações e o custo de implementar o recurso. Alguns lojistas afirmaram que estão aguardando para implementar um novo sistema, criado por uma coalizão dos próprios comerciantes. De acordo com uma pesquisa do ITG Investment Research, apenas 4% das transações digitais foram realizadas através do Apple Pay. No mesmo período, o Google Wallet respondeu por 4% das compras digitais. Desde então, porém, o Apple Pay vem crescendo exponencialmente, enquanto o serviço da Google – que será substituído pelo Google Pay – continuou estagnado.

O mercado de pagamento via celular promete ser movimentado este ano. Além do Apple Pay, a Samsung implementou o Samsung Pay em seus smartphones, o que inclui uso de tecnologias como o sensor de digitais, NFC e o tradicional leitor magnético. A sul-coreana anunciou a cooperação com Visa e Matercard, e a solução virá ao Brasil também com o lançamento do novo smartphone. Apesar de não possuir uma projeção, a Samsung está otimista com a adoção da tecnologia em nosso país, mas alerta que o método precisa da adoção de lojistas e instituições financeiras. “Os contatos com bancos já começaram, mas ainda estamos nas fases iniciais”, afirmou a Samsung. Outro concorrente a entrar na disputa é o Google Pay, anunciado semana passada na Google I/O.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestShare on TumblrPrint this pageEmail this to someoneBuffer this page